Conheça os direitos do trabalhador que sofreu acidente de trabalho

Quando um trabalhador enfrenta um acidente de trabalho, é fundamental conhecer seus direitos para garantir sua segurança financeira e proteção legal. Aqui estão os principais direitos que todo trabalhador deve estar ciente após sofrer um acidente laboral:

Direito ao Afastamento pelo INSS

Ao enfrentar um acidente de trabalho que requer mais de 15 dias de repouso, o trabalhador tem o direito de se afastar pelo INSS. Durante esse período, a empresa é responsável pelo pagamento dos primeiros 15 dias de afastamento, enquanto o INSS assume o restante. Não há um prazo limite para o afastamento, e durante esse período, o trabalhador deve receber o auxílio-doença acidentário.

Direito ao Recebimento do FGTS durante o Afastamento

Mesmo durante o afastamento pelo INSS, o trabalhador tem direito a continuar recebendo o FGTS. É essencial acompanhar os depósitos na conta vinculada, pois esse tempo afastado também é contado para a aposentadoria.

Direito à Estabilidade no Emprego

O trabalhador afastado pelo INSS tem proteção contra demissão sem justa causa. Essa estabilidade se estende por, no mínimo, 12 meses após seu retorno ao trabalho. No entanto, é importante ressaltar que essa estabilidade só é conferida após mais de 15 dias de afastamento.

Direito à Rescisão Indireta

Caso o trabalhador deseje sair da empresa devido a condições de trabalho inseguras, ele tem o direito de acionar a rescisão indireta. Isso permite que ele se desligue sem precisar pedir demissão, movendo um processo judicial contra a empresa.

Direito à Indenização por Danos Morais

Em casos de acidentes de trabalho, o trabalhador pode ter direito a uma indenização por danos morais, desde que prove que o acidente causou um dano relevante e que a empresa teve culpa. O valor da indenização pode variar consideravelmente.

Direito ao Reembolso dos Gastos com Tratamento

A empresa é obrigada a arcar com todos os custos do tratamento necessário após um acidente de trabalho causado por sua culpa. Para isso, é essencial que o trabalhador guarde todos os comprovantes das despesas médicas.

Direito à Indenização por Danos Estéticos

Nos casos em que o acidente causa mudanças físicas permanentes, o trabalhador pode ter direito a uma indenização por danos estéticos. Essa indenização é devida sempre que o acidente é causado por culpa da empresa.

Direito à Pensão em Caso de Incapacidade Permanente

Em casos de incapacidade permanente, o trabalhador pode receber uma pensão vitalícia, além de outros benefícios do INSS, como a aposentadoria por invalidez ou o auxílio-acidente. Esses benefícios proporcionam suporte financeiro contínuo para o trabalhador afetado, ajudando a garantir sua subsistência e qualidade de vida diante das limitações decorrentes do acidente de trabalho.

Direito à Indenização por Danos Existenciais

Menos conhecida, a indenização por danos existenciais é devida sempre que o acidente causa um dano permanente ao projeto de vida do trabalhador. Esse tipo de dano pode ser comprovado por meio das mudanças significativas no cotidiano do trabalhador.

Direito ao Auxílio-Acidente

Quando o acidente causa uma perda funcional permanente, o trabalhador pode solicitar o auxílio-acidente no INSS. Esse benefício pode ser acumulado com outros, como a pensão vitalícia.

Direito à Aposentadoria por Invalidez

Se o acidente deixar o trabalhador completamente incapacitado para o trabalho, ele pode solicitar a aposentadoria por invalidez no INSS, após passar por um período de afastamento e comprovação da impossibilidade de melhora.

Cuidados na Reivindicação dos Direitos

Ao reivindicar seus direitos após um acidente de trabalho, é importante estar ciente da complexidade dos processos judiciais envolvidos. Contratar um advogado especializado e reunir todas as provas necessárias são passos essenciais para garantir o sucesso na busca por indenizações e benefícios.

Além dos direitos mencionados, é fundamental que o trabalhador esteja ciente da importância de buscar assistência legal especializada desde o início do processo. Advogados com experiência em casos de acidentes de trabalho podem orientar sobre os procedimentos adequados, ajudar na coleta de evidências e garantir que todos os direitos sejam devidamente reivindicados. A escolha de um advogado competente é crucial, pois erros ou negligências durante o processo podem comprometer seriamente as chances de obter uma compensação justa.

Outro aspecto relevante é a necessidade de conscientização sobre a prevenção de acidentes no ambiente de trabalho. Empresas têm o dever legal de proporcionar um ambiente seguro e condições adequadas de trabalho para seus funcionários. Investir em medidas de segurança, treinamento e fiscalização é fundamental para evitar acidentes e proteger a saúde e a integridade dos trabalhadores. É essencial que os próprios trabalhadores estejam atentos aos riscos presentes em seus locais de trabalho e reportem qualquer irregularidade às autoridades competentes.

Tiago Pereira - Advogado Trabalhista e Previdenciário

Fale agora mesmo com um de nossos advogados e tire todas as suas dúvidas